Aqui uma sessão só de VERSOS para você. 
Se você faz versos ou conhece outros, e quiser nos enviar
mande um e-mail com nome da autoria que colocaremos aqui.

Estes versos foram enviados por 
tatiana_erica@ig.com.br

A madrugada está chegando Os animais já estão no breti É hora de ouvir a espora
No lombo do animal cheio de sede

Carro bom é Santana Cerveja gostosa tem que ser brahma
Mulher bonita tem que ser Goiana

Boi que pula rodando, mulher que faz amor gritando
É porque tem sempre um peão por cima cutucando.

Meu amigo foi lá em casa E levou a namoradinha A coitada era tão magra que
nem bunda ela tinha Tirei uma conclusão Pra quando for arranja a minha
Mulher pra ser gostosa Tem que ser meio gordinha

Peão pra ser bom, tem que Ter duas famílias Uma corda americana e um cavalo
quarto de milha Uma bota apertada e um lote de novilha Uma loira, uma ruiva
e também uma tordilha

Hoje recebi uma carta que acabou com meu tormento Ela dizia que minha casa
pegou fogo e minha sogra estava dentro.

"Boi tem força no pescoço, cavalo tem força no espinhaço não queira
experimentar a força que um goiano tem no braço".

"Se mulher fosse dinheiro eu vivia pedindo esmola, a morena me largou a
loura me deu um fora só me restou rodeio cachaça e moda de viola".

"Vocês viram o meu cavalo por aí? Meu cavalo e minha mulher desapareceram
no mesmo dia, do cavalo senti dó da mulher alegria porque cavalo bom é
difícil de arrumar e mutchatcha bonita eu arrumo todo dia".

"É hoje que a terra, é hoje que a casa caí as muié larga dos marido as filha
manda nos pai, tudo isso pra viajar com nóis cowboy sem saber pra onde vai".

"Hoje eu tirei o dia pra educar, no boi bato no chifre no cavalo bato na pá,
na mulher bato na bunda e no homem onde o pé pegá".

"A cidade está em festa, hoje é dia de rodeio, vou montar num touro bravo e
não posso fazer feio. A mulher vai na garupa e eu vou nos arreios!"

"Frio não me faz tremer, cachaça não me faz mexer, mas cowboy / mulher
bonita faço amor até amanhecer".

"A mulher e a cerveja estão na cabeça da gente, porém elas são diferentes, pois cerveja pra ser boa tem que ser gelada e mulher pra ser boa e gostosa tem que ser quente".

"Onde tem carniça tem urubu. Onde tem buraco tem tatu. Onde tem mulher
bonita eu pulo que nem canguru".

"Quem tem loira tem Saudade, quem tem morena tem qualidade
 Quem tem as duas é o garanhão da cidade
E quem não tem nenhuma olha a dos outros e passa vontade"

"De que me adianta, cinquenta mulheres peladas, cinquenta caminhonetes turbinadas, Vinte mil bois gordos na envernada, se eu não tenho o beijo da mulher amada".

"Papagaio come cobra e cobra come lacraia o bicho que eu mais gosto é
aquele que mora embaixo de sua saia".

"Muié é bicho do cão Faz xixi sem por a mão Briga sem ter razão
Faz amor sem sentir tesão Mas faz a cabeça de qualquer peão".

"Pra fazer tudo que eu gosto não tem lugar e nem horário moro embaixo do
chapéu não carrego calendário, minha linguagem é simples não conheço
dicionário, no rodeio sou doutor, mas na escola só fiz o primário".

"Eu só bebo, porque no fundo do copo eu vejo a minha amada, sei se eu parar
de beber ela pode morrer afogada".

"Da galinha eu tiro a pena e do peixe tiro a escama Da morena eu tiro a
roupa depois jogo ela na cama".

"As três coisas que o peão mais gosta: Cerveja gelada, boi gordo na
invernada e mulher pelada As três coisas que o peão menos gosta: Cerveja
quente, boi doente e mulher da gente".

"Eu nunca vi surdo escutar, mudo falar e nem cego enxergar mas ja vi muita
mulher pequena fazer homem grande chorar"

"Boa Esperança tem subida, Boa Esperança tem descida, Boa Esperança tem
loira e morena da minha vida".

"Mulher é mesmo uma coisa estranha, tem na ponta da língua o veneno da
cobra piçanha, deixa rico na miséria e o pobre sem vergonha".

"Se o céu fosse uma arena cada estrela seria um peão, o cometa seria um
touro bravo e as nuvens seria o chão, Deus seria o juiz e o meu pai o sertão".

"Eu sou a borboleta que voa contra o vento, quem eu amo não me ama, quem me
ama perde tempo".

"Hôôô Juares, bebo da branca pra esquecer a Bianca, bebo da amarela pra
esquecer a Maristela, bebo Brahma lembrando que alguém me ama, misturo com
limão pra não lembrar do Ricardão, misturo com sinzano pra esquecer do pé de pano".

"Quem tem loira tem paixão, quem tem morena tem tesão".

"Alô Zé do Prado, receba essa homenagem no mundo do rodeio Zé, porque com
você festa de peão é cultura, festa de peão é paixão, você balançou o globo
terrestre levantou a poeira do chão, quem parte deixa saudade, quem fica
chora de emoção, vai com Deus, Zé do Prado apaixonado".

Morena me dá um beijo num lugar que não tem osso. Prá quando eu ficar velho
me lembrar do tempo que eu era moço."

"Morena vem ser a azeitona da minha empada. Casando comigo você nunca vai
mais pegar na enxada mas vai ter que fazer amor de manhã até de madrugada"

Ooooo herança engraçada ganhei da minha vovózinha, um quarto de arroz, um
terreiro de galinha, um mandiocal e um saco de farinha, e uma vaca que me
deu uma bezerrinha. Me casei com uma loura que me deu uma negrinha. Vejam só
que sorte ingrata foi a minha, deu tatu no mandiocal, deu caruncho na
farinha, deu sarampo na loura, deu catapora na negrinha, minha vaca foi pro
brejo e acabou tudo que eu tinha.

Todos os direitos reservados ao Clube Sertanejo (c) 2000 - Os direitos deste Site, Conteúdo, imagens  são de nossa propriedade não podendo ser copiado e nem editado sem prévio consentimento do autor Todos os desenhos e personagens são feitos em parceria com o desenhista  LUIS CARLOS SALGUEIRO não podendo ser reproduzidos nem copiados.

CD ONE Corporation do Brasil (c) 1995